segunda-feira, 23 de março de 2009

Amarelo!

Nunca te disse que não te queria…
Nunca neguei o que por mim sentias e mo dizias…
Quando o fiz, sem ser em negação mas sim como interrogação, foi apenas e somente para me defender, pois o teu coração me pertencia mas chamados pela razão a outra na realidade tinhas que prestar justificações.
Eras casado!
Nem mesmo a luz que de nós brotava iluminando-me todos os recantos do teu corpo que no meu percorriam nos extenuantes momentos de amor, dissipava o fantasma daquela que contigo a vida dividia.
Era uma constante!
Nunca disse que não te queria…
…apenas me cansei.
Não me cansei de ti, nunca meu amor. Adoro-te como no primeiro dia.
Cansei-me de não haver na tua vida um lugar recto e claro para mim.
Lutei por ti enquanto de aliança no dedo comigo passeavas…
Lutei por ti, quando uma noite em que a hora mudara, um beijo a horas certas me enviaras.
Estavas finalmente divorciado…
…foi talvez o momento mais feliz da minha vida.
Lutei por ti, enquanto das noites fazias vida com amigos, amigas e tropelias.
Lutei por ti, quando me deixaste de dizer que me Adoravas e que de mim precisavas.
Lutei por ti, quando três vezes te perguntei se querias que acordasse a teu lado, e das três vezes me respondeste que sim, que não tinha razões para ser e estar insegura.
Lutei…
…por ti, por nós.
E quando essa fantástica e desejada noite deu lugar ao desespero que o teu abrupto silêncio se fez ouvir, continuei a lutar por uma migalhinha tua…
…mas de ti, a resposta era muda.
Mascarei-me então de personagens mirabolescas apenas para te cativar, e consegui. Um pedaço de ti me entregaste, um momento ao som de pássaros vivemos rapidamente com esperança de mais vivermos, mas…
…já não estavas só, já não eras mais o homem descomprometido que foste enquanto me deste silêncio e desprezo, arranjaras nesse curto espaço de tempo, uma nova namorada.
Nunca disse que não te queria…
…apenas me cansei.
Cansei-me de apenas servir para te adoçar os apetites…
Cansei-me de apenas te ver sob reuniões inexistentes…
Cansei-me, e por isso te neguei. Não neguei o que por mim sentes muito menos o que por ti sinto, neguei apenas o factor tempo, aquele que não tens para me oferecer.
Nunca te disse que não te queria…
Querer-te, desejar-te, Amar-te, Adorar-te, é o que mais quero, mas também quero que me queiras, que me desejes, que me Ames e que me Adores.
Saberás tu faze-lo?
Quererás tu quere-lo?
Nunca disse que não te queria…
…apenas me cansei.
Cansei-me de ser eu a lutar, de ser eu a tentar, de ser eu a manter o que de nós ainda havia vivo.
Queres de novo sorrir um sorriso largo?
Queres de novo sentir o meu afecto, carinho, amor?
Queres de novo ouvir a minha voz?
Queres de novo aquecer-te com um sorriso meu?
Queres?
Luta tu agora…
Mima-me tu agora...
Reconquista-me!...
Mas fá-lo apenas se de novo a liberdade for tua morada...

6 comentários:

Edu disse...

Lool agora é que me vao soltar os caes ahahaha.

Esmeralda disse...

eheheheheh
Para que ninguém solte os cães para cima do Edu, o Edu e a Esmeralda não se conhecem. São apenas duas pessoas que virtualmente escrvem sobre o mesmo tema num mesmo blog.
assim como que um desabafo em comunhão.
ehehehehe

Kika disse...

é verdade, foi um sorriso unico..
Nao, nao lhe vou perguntar o segredo, pois mm que esteja mortinha por sabe-lo tb sei que ele esta morrtinho por saber o meu, e isso, eu nao lhe quero revelar (pelo menos por agora) :)

Kika disse...

é verdade, foi um sorriso unico..
Nao, nao lhe vou perguntar o segredo, pois mm que esteja mortinha por sabe-lo tb sei que ele esta morrtinho por saber o meu, e isso, eu nao lhe quero revelar (pelo menos por agora) :)

Ana disse...

Nossa....

"Cansei-me de ser eu a lutar, de ser eu a tentar (...)

"Luta tu agora
Mima-me tu agora
Reconquista-me

...é de um essência que chega a invadir a alma sem qualquer licença. e quantas vezes nos sentimos cansados de lutar, de tentar.

Poxa agora desejo ser mimada, reconquistada!

lindo!!!!!!

Nina da Cidade disse...

Este toca-me o coração de uma maneira que não existem ainda palavras para o descrever...

Date and Time

duas penas...


 

Design by Amanda @ Blogger Buster